Tempo
Foto: Luís Carlos Pez/Arquivo/TP News

A massa de ar frio começa a ingressar gradualmente no território gaúcho e já traz uma terça com temperatura menor. Os seus efeitos devem ser mais sentidos a partir da noite de hoje, quando os termômetros já devem marcar 9ºC a 10ºC na fronteira com o Uruguai e até 13ºC no Centro gaúcho e na Serra. Com a diminuição da nebulosidade maior na próxima madrugada, o resfriamento será mais acentuado no Oeste e no Sul gaúcho.

A região de fronteira com o Uruguai, em particular, deve ter temperatura mais baixa durante as madrugadas de amanhã e quinta com mínimas de 3ºC a 5ºC na quarta (15) e de 2ºC a 4ºC na quinta (16). Mínimas baixas devem ser aguardadas ainda no Sul gaúcho, em particular na Serra do Sudeste que terá marcas perto de 0ºC em baixadas.

Na região de Pelotas, as mínimas amanhã e na quinta podem ficar entre 6ºC e 8ºC com maior resfriamento na quinta. Na região de Santa Maria, os termômetros devem indicar entre 6ºC e 8ºC nesta quarta e na quinta.

Porto Alegre, por sua vez, pode ter 10ºC ou 11ºC no amanhecer e no final da quarta-feira e 7ºC ou 8ºC no amanhecer da quinta, mas mínimas menores ocorrerão na região metropolitana.

Na Serra e nos Aparados, o resfriamento será menos acentuado pela presença de nuvens e até chuva na segunda metade da semana.

Os mapas abaixo mostram a projeção de geada para amanhã, quinta e sexta do modelo canadense, disponível ao assinante na seção de mapas. Uma vez que o ar frio não vai conseguir progredir com maior intensidade para Santa Catarina e o Paraná e ainda haverá nuvens e instabilidade nos dois estados, a geada deve se limitar mais ao Centro-Sul gaúcho e pontos do Leste do Estado. Áreas produtoras de trigo e milho do Sul do Brasil, assim, devem escapar majoritariamente do risco de geada nesta semana.

Incursões de ar frio nesta época do ano tendem a ser menos intensas e costumam influenciar o tempo por poucos dias. Por isso, apesar de fazer frio quarta e quinta na madrugada em várias regiões do Rio Grande do Sul, as tardes serão muito agradáveis.

No Paraná, ao contrário, máximas baixas devem ocorrer porque o ar frio vai atuar com chuva. Curitiba, por exemplo, deve ter uma fria tarde de quinta-feira.

MetSul