Estado
Foto: Reprodução

A prefeitura de Farroupilha publicou, na quarta-feira, 9, decreto que determina a abertura do comércio, da indústria e de serviços a partir de quinta. A liberação foi possível depois de reunião realizada na terça-feira entre representantes da prefeitura, do Ministério Público e de entidades dos três segmentos envolvidos, em que foi acertado sobre o teor do documento.

Para o comércio, o decreto estabelece, entre outros, que deve ser verificada a temperatura corporal do cliente antes da entrada no estabelecimento, não sendo permitido entrar quem apresentar 37,8 graus ou mais. Também só deve ser permitida até 30% da ocupação máxima prevista no Alvará de Prevenção e Proteção contra Incêndio do estabelecimento comercial, respeitado o distanciamento interpessoal mínimo de dois metros. O decreto impede de trabalhar no atendimento ou em contato com o público pessoas com doenças respiratórias, diabéticos, hipertensos e aqueles com indícios de gripe ou com febre.

Na indústria, o decreto estabelece itens como a adoção de sistemas de escalas, de revezamento de turnos e de alterações de jornadas, para reduzir fluxos, contatos e aglomerações, e a redução do número de mesas ou estações de trabalho ocupadas, de forma a aumentar a separação entre elas, diminuindo o número de pessoas no local e garantindo o distanciamento. Na área de serviços, as academias, por exemplo, podem atender, mas apenas mediante agendamento e no modo de personal trainer.

Rádio Guaíba