Dicas
Foto: Reprodução

O clima do Rio Grande do Sul gera um problema recorrente durante o inverno: o excesso de umidade, que deixa as paredes e o piso das residências molhados e causa mofo em roupas e móveis. De acordo com a Somar Meteorologia, essa condição é ocasionada principalmente pelos ventos que sopram do oceano para o continente e pelo corredor que traz grande suporte de umidade da Amazônia para o sul do Brasil.

Veja, abaixo, dicas para amenizar os efeitos da umidade em casa

Tente manter a casa quente. Para isso, pode-se investir em calefação ou utilizar ar-condicionado, lareira ou fogão a lenha;

Caso não consiga manter o ambiente quente, evite abrir a casa imediatamente quando uma onda de calor aparecer após períodos de muito frio e chuva;

Nos dias secos de inverno, procure abrir a casa no horário mais quente (perto do meio-dia) para deixar o sol entrar e o ar circular;

Na cozinha, é importante ter um sistema de exaustão, que retira a umidade do ambiente enquanto os alimentos estão sendo preparados. Uma outra alternativa é deixar as janelas abertas durante o processo de cozimento;

O banheiro é um dos ambientes mais afetados, por isso, após um banho quente é fundamental abrir a janela e a porta para deixar o vapor sair. Quem não tem janela no banheiro deve contar com exaustores, além de manter a porta aberta o máximo possível;

Nos armários e guarda-roupas, pode-se utilizar antimofos — recipientes desumidificadores de ambientes, disponíveis em supermercados. Dependendo da umidade do local, é preciso trocar com maior ou menor frequência. Também é indicado abrir as portas dos armários durante algumas horas, mexer nas roupas e mudar os cabides de lugar para ajudar na circulação de ar;

Não tente secar a parede com panos, pois a técnica não funciona e pode danificar a pintura, dependendo do tipo de tinta utilizada;

Tinta antimofo pode ser usada na casa toda e é uma boa solução para as paredes internas, já que impedem o bolor e conservam a pintura.

E se o mofo aparecer?

É preciso limpar o mofo antes que ele se espalhe nos rejuntes e no teto. No banheiro e na cozinha, pode-se utilizar uma esponja macia com água e sabão neutro;

Se o mofo impregnar no material, será necessário tomar medidas mais drásticas, como descascar, lixar e passar produtos impermeabilizantes;

Nas roupas, use um pano com vinagre ou álcool para retirar as manchas e depois lave normalmente.

GZH