Variedades
Blog Sala de TV / Divulgação

Em casa, confinados, milhões de brasileiros passam a maior parte do dia e da noite diante da TV. O aumento do número de aparelhos ligados beneficiou a mais amada e odiada emissora do País. A Globo teve o melhor mês de março no Ibope desde 2009. Registrou média de 14,7 pontos na faixa das 6h às 5h59 (ou seja, nas 24 horas do dia) na Grande São Paulo. Os dados foram obtidos pelo site O Antagonista.

Em relação a março do ano passado, o canal carioca teve aumento de 2 pontos. Cada ponto representa 203 mil telespectadores e 74 mil domicílios na Grande São Paulo, a principal área de aferição de audiência da empresa Kantar Ibope. Esse resultado expressivo é maior do que a soma de audiência da RecordTV e do SBT no mesmo período.

Com mais investimento em jornalismo, a RecordTV tem vencido o SBT em horários relevantes. O Jornal da Record passou a registrar 10 pontos de média e ser o programa mais visto da emissora. Enquanto isso, o canal de Silvio Santos permanece estagnado, sem aproveitar a demanda por notícias para dar o necessário dinamismo a seu jornalismo.

O reforço na liderança da Globo no ranking de Ibope poderá suscitar alterações na grade quando a epidemia do novo coronavírus não exigir mais uma cobertura diária ostensiva. Nos corredores da emissora se discute abrir novos horários para programas jornalísticos nas faixas matutina e vespertina. Para viabilizar essa reestruturação de conteúdo seria necessário encurtar a duração de alguns programas ou até acabar com atrações problemáticas.

Terra