Informativo
Foto: Reprodução

No chimarrão com o Presidente dessa semana, Gelson Bridi fez uma retrospectiva do ano de 2020.

Ele salientou que o ano começou com uma safra de milho boa, com boas expectativas para as culturas.

Cotricampo Apresenta Chimarrão com o Presidente

No chimarrão com o Presidente dessa semana, Gelson Bridi fez uma retrospectiva do ano de 2020.Ele salientou que o ano começou com uma safra de milho boa, com boas expectativas para as culturas.Seguindo a linha do tempo, a ExpoAgro em fevereiro, foi um grande sucesso, com um muitos expositores presentes, e grande volume de negócios. Logo a seguir, veio a pandemia, que dificultou a relação interpessoal entre a cooperativa e os associados, mas que segundo Gelson, foi um empecilho, mas não impediu dos trabalhos continuarem. Ele afirmou que apesar do atendimento ter sofrido alterações, as vendas não diminuíram, principalmente na Rede de supermercados.Ouve por vezes um pouco de demora para entregar produtos, em virtude dos fornecedores não estarem conseguindo suprir a demanda, mas nada que afetasse muito a cooperativa. A estiagem na safra da soja foi o principal problema, com perdas significativos em vários municípios da região. A cultura do trigo também sofreu queda, o que por vezes acarretou aumento no preço dos produtos. Mesmo com a pandemia, a Cotricampo não parou e realizou melhorias em várias unidades, desde supermercados, agropecuárias e silo de recebimento de grãos, e também no Posto de Combustíveis em Campo Novo.No que se refere a faturamento, 2020 fica na história como o ano que a cooperativa ultrapassou o valor de 1 bilhão de reais, entrando no seleto grupo das cooperativas bilionários do RS, e subindo degraus no ranking das maiores empresas do Sul do Brasil.Gelson disse que, apesar das dificuldades impostas pela pandemia e estiagem, é um ano pra se agradecer pelos resultados obtidos.Ele projetou um 2021 de muitas conquistas e objetivos a serem alcançados, e desejou a todos um Feliz e Próspero Ano Novo.

Posted by RD Foco on Thursday, December 31, 2020

Seguindo a linha do tempo, a ExpoAgro em fevereiro, foi um grande sucesso, com um muitos expositores presentes, e grande volume de negócios. 

Logo a seguir, veio a pandemia, que dificultou a relação interpessoal entre a cooperativa e os associados, mas que segundo Gelson, foi um empecilho, mas não impediu dos trabalhos continuarem. Ele afirmou que apesar do atendimento ter sofrido alterações, as vendas não diminuíram, principalmente na Rede de supermercados.

Ouve por vezes um pouco de demora para entregar produtos, em virtude dos fornecedores não estarem conseguindo suprir a demanda, mas nada que afetasse muito a cooperativa. 

A estiagem na safra da soja foi o principal problema, com perdas significativos em vários municípios da região. A cultura do trigo também sofreu queda, o que por vezes acarretou aumento no preço dos produtos. 

Mesmo com a pandemia, a Cotricampo não parou e realizou melhorias em várias unidades, desde supermercados, agropecuárias e silo de recebimento de grãos, e também no Posto de Combustíveis em Campo Novo.

No que se refere a faturamento, 2020 fica na história como o ano que a cooperativa ultrapassou o valor de 1 bilhão de reais, entrando no seleto grupo das cooperativas bilionários do RS, e subindo degraus no ranking das maiores empresas do Sul do Brasil.

Gelson disse que, apesar das dificuldades impostas pela pandemia e estiagem, é um ano pra se agradecer pelos resultados obtidos.

Ele projetou um 2021 de muitas conquistas e objetivos a serem alcançados, e desejou a todos um Feliz e Próspero Ano Novo.

RD Foco