Economia
Foto: Reprodução

O preço médio do diesel no Brasil está com uma defasagem de 21%, segundo relatório divulgado nesta sexta-feira (6) pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). Isso significa que o valor de mercado é, em média, R$ 1,27 por litro inferior ao preço viável nas operações de importação. No caso da gasolina, a defasagem é de 17%, ou R$ 0,78 por litro, de acordo com o documento.

A Petrobras adota o chamado preço de paridade de importação (PPI), alinhando os valores à cotação internacional do petróleo e aos custos de frete marítimo para viabilizar a concorrência de importadores e garantir o abastecimento do mercado interno. Desde o dia 11 de março, no entanto, a estatal não realiza novos reajustes, o que tem levado ao desalinhamento de preços.

Um dia antes, o novo presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, disse que Bolsonaro “já entendeu muito bem a questão de preço de mercado” e que não fez qualquer pedido sobre a política de preços da estatal ao colocá-lo no comando da empresa. Coelho assumiu o cargo após o presidente, insatisfeito com os valores dos combustíveis, demitir o general Joaquim Silva e Luna.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/HZcQ9vXiMIN1GC4kHcXcvC

Gazeta do Povo