Polícia
Foto: Arquivo Pessoal

O jornalismo da Peperi, conversou na tarde de domingo, 17, com o Deputado Estadual e também Delegado de Carreira, Maurício Eskudlark, e ele trouxe detalhes sobre o caso envolvendo o Policial Civil, Neife Werlang, que foi morto dentro de sua casa em São Miguel do Oeste.

Eskudlark relatou que era muito amigo da vítima, que inclusive quando o Neife entrou para a Polícia Civil ele era Delegado Regional em São Miguel do Oeste, além também de ser muito amigo da família, ele inclusive acompanhou a ocorrência e os trabalhos.

Para o Deputado e Delegado, a motivação para cometer o assassinato veio da internet e que as adolescentes criaram uma ilusão/fantasia de que a vida sem o pai e mãe seria melhor e que elas, após o crime poderiam morar na residência.

Eskudlark também falou para a Peperi, que o crime poderia ter sido muito pior, porque as adolescentes queriam matar o pai e também a mãe, porém a mãe tinha saído e demorou para voltar, foi neste momento que elas atacaram o pai.

Outra informação que o Deputado e Delegado trouxe para a Peperi, é que as adolescentes chamaram o pai no quarto da filha, foi quando uma segurou ele pelo pescoço e outra o esfaqueou, ao todo foram mais de 20 golpes de faca, na região do pescoço e também na barriga.

Receba gratuitamente as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/DA3uoozDccV6eVjMNFbVi4

VEJA TAMBÉM

Peperi