Região
Foto: Divulgação/GC

Uma história emocionante teve um final feliz na última terça-feira (12). A crissiumalense Damaris Ursula Puntel Becker, recepcionista da Rádio Metrópole, reencontrou sua mãe biológica depois de 44 anos.

Damaris soube da sua adoção aos 09 anos de idade na escola, quando colegas a falaram. Ao chegar em casa, seus pais adotivos confirmaram a adoção, uma vez que tinham ideia de revelar tal informação, quando ela fosse maior. Ela foi adotada no primeiro dia de vida, por Libera e Anselmo Puntel.

Com o carinho, amor e atenção que recebia dos pais Anselmo e Libera, não teve vontade de conhecer os pais biológicos.

Sua mãe Libera (faleceu em julho de 2019) durante sua enfermidade falava que não queria que Damaris ficasse sozinha, pois sabia que um dia iria partir.

A busca começou durante o periodo de um momento de oração da Igreja Católica,  no dia 09 de janeiro de 2020, uma quinta-feira. Damaris comentou com sua amiga Bernadete Simionato, que estava no momento de ir a procura da história dos pais biológicos.

Conseguindo do forum de Crissiumal algumas cópias das folhas do processo da sua adoção. Onde constava o nome dos pais, mãe biológica Norma Herbert, pai biológico Valdemar Berg. A mãe Libera tinha comentado que o pai biológico Valdemar tinha familia em Santa Rosa, e a mãe biológica Norma foi residir em Porto Alegre, trabalhar num hospital naquela época, pós adoção, onde atualmente reside no município de Alvorada.

O primeiro a ser procurado foi pelo pai biológico Valdemar Berg, onde houve contato com os familiares, sendo quatro filhos, tios e primas, mas, o mesmo já era falecido.

E no mesmo dia, com ajuda dos familiares do pai biológico Valdemar  conseguiu  o contato dos dois de seus irmãos maternos, que lhe passaram o contato de sua mãe biológica.

Damaris relatou ao Guia Crissiumal que a primeira conversa com a mãe biologica Norma, foi por telefone, foi bastante direta e de muita emoção.

Ela residia em Planalto PR, e aos 35 anos veio residir em Crissiumal, onde trabalhava de empregada doméstica para se manter. Como não tinha condições de criar a filha recém-nascida, acabou optando pela doação do bebê e foi residir em Porto Alegre.

Depois de ter falado com sua mãe biológica por telefone, Damaris a reencontrou pessoalmente nessa semana, na última terça-feira, ocasionalmente, uma vez que ela e sua família estavam voltando de uma viagem de férias, sendo que estava próximos da região metropolitana, quando por sugestão de seu marido Leomar Becker  ligou para Norma Herbert que concordou e o reencontro aconteceu em uma Igreja, em Porto Alegre. O encontro durou cerca de uma hora.

Em conversa com o Guia Crissiumal ela destacou: “nada é por acaso em nossas vidas, tem momentos que não entendemos o por quê dos acontecimentos…mas, quando é permitido e orientado pelo Poder de Deus tudo tem uma explicação ou resposta com o final feliz….”

“Quando eu senti que chegou o momento de encontrar com a Norma pessoalmente, eu fiz com todo o carinho, agradecendo a ela  pelo dom da vida e por me entregar a uma família que me deram o amor e carinho… Hoje o que fica é o dever de missão cumprida desse encontro. Que fez muito bem tanto para a Norma como para a mim”—Relata Damaris…E com os irmãos está sendo algo novo para mim…. e espero ter esse contato de irmãos para sempre…Obrigada meu Deus por esta benção em minha vida, obrigada aos meus pais (pois, meus amados pais Anselmo e Libera deram amor, carinho, educação e me ensinaram a ser essa pessoa com esse coração bondoso e cheio de amor, a ser essa pessoa forte e confiante em Deus) esse amor grandioso que sinto por eles nunca irá terminar, vou levar comigo eternamente, eles foram os anjos protetores que Deus me enviou e sei que no fim da vida deles eu fui o anjo cuidador para eles, e no outro lado da vida tenho a certeza que seremos uma família de anjos iluminando todos aqui na terra…, só tenho que agradecer e agradecer por essa minha vida, minha história….obrigada pela minha família..”, finalizou Damaris.

 Guia Crissiumal