Inusitado
Foto: NSC Total

Um caso raro envolvendo um porco foi registrado em Brunópolis, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Um leitão nasceu com um olho gigante no centro do rosto, sem nariz, e com uma pequena ‘tromba’ no meio da cabeça. As extremidades do corpo do animal estavam mais vermelhas e ele não tinha o osso da mandíbula.

O porco morreu poucas horas depois de nascer, já que a falta do nariz gerou problemas respiratórios no animal. O fato foi registrado na última quinta-feira (20) em uma propriedade rural do pequeno município. O professor do curso de veterinária da Udesc Lages, José Cristani, explica que esse é um tipo de má-formação congênita rara em suínos:

— Às vezes não tem a formação do osso do maxilar e da cavidade nasal. O animal nasce morto ou natimorto e morre logo depois do nascimento. É um caso raro e não tem como salvá-lo.

Neste caso de Brunópolis, vale destacar, o leitão nasceu vivo. Na foto abaixo (atenção, a imagem é forte), ele ainda não havia morrido, apesar da gravidade da situação.

Foto: Redes Sociais, Reprodução

Essa anomalia, segundo explicou o professor, acontece com leitões na fase embrionária, em que os dois olhos se fundem e formam uma cavidade única. Em alguns animais aparece um olho rudimentar, em outros, dois ou nenhum. Essa má-formação não tem uma causa e não há formas de prevenir, de acordo com Cristani.

O médico veterinário Lucas Spadel explica que essa anomalia pode acontecer em um ou mais animais da mesma leitegada. Apesar de ser um caso raro, o profissional especialista em suínos conta que essa má-formação é relativamente comum quando comparada a outras anormalidades em porcos — como palatosquise (fenda palatina) e artogripose (má-formação dos membros).

NSC Total