Geral
Foto: Luís Carlos Pez/Arquivo/Três Passos News

O Movimento Pró-Ponte no rio Uruguai, entre as cidades de Itapiranga – SC e Barra do Guarita – RS, deu mais um grande passo na busca por seus objetivos.

Conforme o prefeito de Três Passos, Arlei Tomazoni, um dos membros da Comissão, juntamente com o prefeito de Barra do Guarita, Rodrigo Locatelli Tisott, que reúne associações e autoridades dos dois estados, emendas de parlamentares federais gaúchos e catarinenses foram confirmadas na terça-feira, 9, no valor de 10 milhões de reais, sendo cinco milhões de cada Estado, para a elaboração do projeto da ponte interestadual.

O movimento ainda pleiteia a federalização das rodovias SC-163 e da RS-163, que também é um passo importante para a evolução do projeto de construção da ponte no rio Uruguai. O processo de federalização do trecho catarinense está em fase final no Ministério da Infraestrutura e, sobre o trecho gaúcho, já houve a conclusão do processo pelo DAER e atualmente encontra-se com o DNIT.

A Comissão do Movimento Pró-ponte é formada pela união da Amuceleiro, AMEOSC, Amufron, Facisc, Federasul, Famurs, Assemit, Cacis, Rota do Yucumã, e apoiada por Associações Comerciais, deputados e senadores e união popular.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/FgbjSTIljFc3kF3Od5lWfx