Diversos
Foto: Evandro Nicolini

Depois de quase dois meses em que a pandemia do então novo coronavírus havia se instalado no mundo inteiro, Esperança do Sul também aguardava com medo o primeiro caso, e ele chegou no dia 30 de abril de 2020, uma quinta-feira.

Tratava-se de uma mulher, na época com 41 anos, residente no perímetro urbano do município, que felizmente se recuperou bem, logo em seguida começaram a surgir mais casos, não só em nossa cidade, mas também em toda a nossa região, no país e no planeta inteiro, nos colocando em uma situação jamais vista, onde todos precisamos nos reinventar e aprender a conviver com o Covid-19.

Depois de um ano já perdemos 08 vidas, com um total de 236 casos da doença, seguindo as informações do último boletim, emitido na tarde da última quinta-feira (29), onde muitas pessoas tiveram sintomas mais graves, outras nem tanto, mas todos passaram a esperar ansiosamente a vacina, que só passou a ser disponibilizada a população brasileira em meados de janeiro deste ano, mais precisamente em 21 de janeiro aqui em Esperança do Sul.

Neste período de um ano, a Administração Municipal e Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, têm feito um esforço muito grande para conter a doença, foram realizadas várias Barreiras Sanitárias, explorando todos os meios de comunicação possíveis para informar todos as decisões, sempre seguindo à risca os decretos estaduais, fazendo sempre a coisa certa, sem burlar as leis.

Felizmente a nossa população tem se esforçado, e tem conseguido já a vários dias, manter em baixa o nível de propagação da doença, atualmente estamos sem nenhum caso ativo, a próxima meta agora é manter este patamar, seguir vacinando as pessoas para nos tornarmos vitoriosos nesta batalha pela vida.

Evandro Nicolini – Assessoria de Comunicação