Polícia
Vítima era morador de Ijuí. Foto: Youtube

O Ijuiense Anderson Soares dos Reis, de 24 anos, foi identificado como vítima de um homicídio gravado.

O reconhecimento foi feito pela sua mãe, na manhã da última terça-feira, dia 03. Anderson estava desaparecido desde quinta-feira, dia 27.

Ele foi encontrado morto por volta das 17h30 do dia 02, em Cruz Alta. O corpo estava em estado de decomposição.

Anderson estava sendo procurado pela polícia. Ele tem passagens por roubos e tráfico de drogas.

Em um vídeo que a polícia teve acesso, membros da facção Os Manos, após assassinar o homem a tiros, gravaram outro integrante do grupo tentando decapitar a vítima morta, com diversos golpes de facão.

No vídeo, o homem que estava gravando as imagens dizia: “Olha o que acontece com os ‘cara’ do Medina (se referindo a Felipe Rolim, considerado um dos comandantes da facção Bala na Cara em Ijuí), vão morrer desse jeito. O Morgana, o Moranga, vão morrer ‘tudo’ desse jeito. É 14 18 12 (se referindo a numerologia usada pelo grupo criminoso Os Manos). Isso que acontece com quem vai vir contra nós. Vão perder cabeça. Cabeças vão rolar”, disse o homem enquanto o outro tentava decapitar a vítima.

Os envolvidos cuidaram para não expor seus rostos nas imagens. Uma figura de caveira foi colocada sobre o homem que desferia os golpes de facão.

Rádio Cidade SA