Estado
Foto: Sapucaia Alerta 24h

Familiares confirmaram para Agência GBC no início da noite de quarta-feira (22) a morte do bebê de 1 ano e 3 meses que se enforcou na alça de uma mochila na creche particular que frequentava, em Canoas. A criança morreu na UTI do Hospital Universitário (HU), onde estava em estado gravíssimo.

De acordo com a Polícia Civil, a criança perdeu os sentidos e foi hospitalizada em estado gravíssimo. Segundo os policiais, o quadro de saúde já era considerado irreversível pelos médicos.

Conforme o delegado Pablo Queiroz Rocha, titular da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), o caso está sendo investigado como lesão corporal culposa, quando não há intenção. O Instituto Geral de Perícias (IGP) fez uma perícia na instituição de ensino.

A reportagem de Agência GBC conversou com a responsável pela creche. A escola informou que o a mochila estava pendurada em um gancho na parede quando o menino acabou se enganchando no acessório. Além disso, ele ainda chegou a rodar com a alça em volta do pescoço.

A direção ressaltou que registrou boletim de ocorrência para que o caso seja investigado e que entregou imagens das câmeras de segurança que registraram o acidente para a equipe de investigadores da DPCA. A Polícia Civil investiga o caso.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/D4BIJEmkBRXIgFPzTVyxjg

Agência GBC