Economia
Foto: Reprodução

Famílias de baixa renda inscritas em programas sociais do governo passarão a ser incluídas, automaticamente, como beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica. Com isso, mais de 11,5 milhões de consumidores podem passar a receber o benefício, com descontos de até 65% na fatura mensal da conta de luz, somando-se aos 12,3 milhões que já usufruem da redução.

Uma cerimônia com a presença do presidente Jair Bolsonaro e de diversos ministros, na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em Brasília, marcou ontem a assinatura do protocolo que permite o cadastramento automático.

Antes, cada família beneficiária de programa governamental era orientada a requerer individualmente o benefício, retardando e dificultando o processo, já que a maior parte dessas famílias reside em regiões de difícil acesso.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/CsCEOkj2FFZHrOaxRW43ot

A Hora