Segurança
Foto: Divulgação

O velório das vítimas do ataque em uma creche no município de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, encerrou por volta das 10h47 desta terça-feira (5). Desde a madrugada, quando os corpos chegaram ao ginásio no Parque de Exposições Theobaldo Hermes, centenas de pessoas prestaram as últimas homenagens.

A missa, que marcou a despedida das crianças e das educadoras, foi celebrada pelo bispo Dom Odelir José Magri, da Diocese de Chapecó, e pelo padre Armando Grützmann.

As vítimas são a professora Keli Adriane Aniecevski, 30 anos, a agente educadora Mirla Amanda Renner Costa, 20 anos, e os bebês Sarah Luiza Mahle Sehn, 1 ano e 7 meses, Anna Bela Fernandes de Barros, 1 ano e 8 meses, e Murilo Massing, 1 ano e 9 meses.

Depois do momento de muito emoção, os corpos seguiram para o cemitério municipal da cidade, distante 35o metros do ginásio.

Foto: Divulgação

As três crianças foram enterradas uma ao lado da outra. Uma quarta criança, um menino de 1 ano e 8 meses, também vítima do ataque, segue internado no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó.

Amigos e conhecidos ficaram bastante emocionados na despedida. Um cartaz foi exposto em uma parede do ginásio para que mensagens de apoio fossem escritas. A governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr, também prestou sua homenagem.

VEJA TAMBÉM

ND+