Estado
Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

O governo do Estado anunciou, nesta segunda-feira, o calendário de pagamento da folha de setembro do Poder Executivo. No dia 15 de outubro, a Secretaria da Fazenda quitará a folha para o grupo de servidores que recebem líquido até R$ 2,5 mil.

Após esses depósitos, o Tesouro inicia o pagamento para os servidores que recebem acima de R$ 2,5 mil líquidos, sendo que o primeiro depósito será realizado no dia 16 de outubro, no valor de R$ 1 mil.

O próximo pagamento está previsto para quase um mês depois, no dia 12 de novembro, no valor de R$ 3.350. Com esses depósitos, conforme o governo, 75% das matrículas estarão com os salários integralmente pagos. A folha de setembro deverá ser quitada somente no dia 13.

Segundo o secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, o governo assumiu o compromisso de dar previsibilidade aos servidores do Poder Executivo e afirmou que todos seguem trabalhando para encontrar alternativas e receitas para a quitação dos salários o quanto antes. “Analisando o fluxo de caixa hoje, essas são as datas possíveis para dar previsibilidade de pagamento. Qualquer variação positiva, que dê segurança para o depósito de mais uma faixa salarial, será anunciada”, destacou.

Por outro lado, a folha de agosto ainda não foi quitada. Com os depósitos realizados hoje, o governo quitou os contracheques de até R$ 3,6 mil líquidos (67%) e no dia 10 de outubro paga mais uma parcela de R$ 3,4 mil. A folha de agosto será quitada somente no dia 11.

Correio do Povo