Saúde
Foto: Reprodução

A prefeitura municipal de Erechim inicia nesta sexta-feira, 17, o cadastramento de todos os funcionários para verificar quem realmente tomou a vacina contra a COVID-19. Os funcionários que ainda se vacinaram, deverão sofrer penalidades. “Será apurado em processo administrativo disciplinar com prazo de defesa e dependendo do caso, pode até sofrer pena de demissão”, disse a secretária de Administração, Izabel Ribeiro.

Durante o Café com o prefeito que ocorre todas as sextas feiras dentro do programa Estúdio Boa Vista da Rádio Cultura, Paulo Polis disse que os servidores públicos estão diariamente lidando com pessoas e por isso a necessidade de estar vacinados. Ele afirmou não há justificativa para que as pessoas não se vacinem. “Por isso, nos enquanto prefeitura estamos fazendo esse recadastramento e dando a oportunidade para quem não se vacinou, se vacinar. Se alguém não se vacinar terão sanções e alguns servidores poderão ser penalizados”.

O prefeito concluiu informando que o número de servidores não vacinados é pequeno. “Não são muitos não, fiquem tranquilos que não são muitos”, finalizou Paulo Polis.

Jornal Boa Vista/Rádio Cultura