Educação
Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual de Educação anunciou que a volta das aulas nas Escolas Estaduais será no dia 20 de outubro. Anteriormente, a data prevista era dia 13 deste mês.

De acordo com a com a Seduc, isso ocorre devido à necessidade de que os materiais e equipamentos de proteção individuais (EPIs) cheguem em sua totalidade às escolas para maior segurança de alunos, professores e funcionários. O governo afirma que a compra dos EPIs e dos materiais de desinfecção foi concluída, mas precisa de tempo para que tudo seja entregue no período de 15 dias entre o início das atividades de preparação (5 de outubro) e o começo das aulas (20 de outubro).

O retorno, de acordo com o governo, se dará em regime de plantão, em revezamento e escalonamento, cumprindo todos os protocolos sanitários do modelo de distanciamento social controlado. Durante o período, serão realizadas ações de organização das equipes, adaptação dos ambientes frente aos protocolos e alinhamento pedagógico, entre outras iniciativas.

A Seduc também encaminhou às Coordenadorias Regionais de Educação documento com orientações para o retorno das atividades presenciais de preparação nas escolas estaduais a partir de 5 de outubro. Entre os requisitos para a ação está a aquisição e uso de máscaras, álcool gel, termômetro, luvas descartáveis de látex, produtos de higienização, água sanitária e desinfetantes, conforme os protocolos sanitários.

Todos os materiais para as equipes das escolas e para os estudantes devem ser garantidos pelo Estado. O governo afirma ainda que irá dispor de um investimento na casa de R$ 270 milhões para aprendizagem, capacitação, aquisição de equipamentos de proteção e materiais de desinfecção e contratação de professores e profissionais de apoio (serventes e merendeiras).

GZH