Economia
Foto: Reprodução

O governo federal enviou ao Congresso Nacional a proposta de um salário mínimo de R$ 1.169 para 2022. O valor consta no projeto da Lei Orçamentária Anual divulgado pelo Ministério da Economia nesta terça-feira (31), último dia do prazo para o envio do texto.

O valor é R$ 69 maior do que o salário atual, de R$ 1.100, e representa uma alta de 6,2% – que é a previsão do Ministério da Economia para o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) deste ano, feita no mês de julho.

A proposta anterior, divulgada em abril, era de R$ 1.147 em 2022. A inflação registrada nos últimos meses, no entanto, foi maior do que a esperada. A Constituição determina que o salário mínimo tem que ser corrigido ao menos pela variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior.

De acordo com informações do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário mínimo serve de referência para 50 milhões de pessoas no Brasil, das quais 24 milhões são beneficiárias do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O Sul