Mundo
Foto: Reprodução

Se no Brasil a cobrança multa para quem não utilizar máscara na rua é um tema polêmico em meio à pandemia do novo coronavírus, no outro lado do mundo a situação é um pouco mais inusitada. O governo da Indonésia determinou que na capital Jacarta, quem for flagrado não utilizando máscara de proteção é obrigado a dar um “passeio” dentro de um caixão pelas ruas da cidade.

Além disso, os punidos precisam contar até 100, dentro do caixão, para serem liberados. A determinação do governo dividiu o país, visto que autoridades argumentam que ela pode ajudar na conscientização da população para o uso do equipamento, mas críticos alegam que a medida erra ao obrigar funcionários públicos a “passear” com os punidos. São os funcionários que carregam o caixão durante o “passeio” pelas ruas de Jacarta.

O Sul