Esportes
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Com um roteiro muito parecido ao jogo contra o CSA, o Grêmio venceu a Chapecoense por 1 a 0 na noite deste domingo, em Chapecó, na Arena Condá. À exceção do susto no final, a atuação burocrática se manteve. O Tricolor marcou cedo e relaxou. Venceu por apenas 1 a 0 e, de bom, apenas o fato de abrir vantagem no G4, se consolidando entre os quatro primeiros do Brasileirão.

O único gol do jogo foi marcado por Luciano, logo a 2 minutos de partida. E não foi qualquer bola na rede: de bicicleta, após toque de David Braz.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 56 pontos e abriu 4 de vantagem entre os classificados direto à fase de grupos da Libertadores. Para isso, contou com uma ajuda do São Paulo, que perdeu por 1 a 0 no Morumbi para o Athletico-PR neste domingo.

Agora, a equipe do técnico Renato Portaluppi terá uma semana cheia para se preparar para o próximo compromisso. No domingo, às 16h, enfrenta o Flamengo, na Arena, em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão.

Foto: Guilherme Testa

O Inter venceu o Fluminense, por 2 a 1, neste domingo, no estádio Beira-Rio, e encerrou o jejum vitórias no Brasileirão. Após muitas vaias antes e no início do jogo, Pottker marcou os dois gols colorados e decretou o fim da série de quatro partidas sem vitória sob o comando de Zé Ricardo. O time chegou a ser salvo por Lomba em, no mínimo, duas oportunidades, mas reagiu e chegou a 14ª vitória no Brasileirão. No segundo tempo, o alvirrubro passou a adotar uma postura defensiva, voltou a ser pressionado e acabou levando gol de Wellington Nem.

Com o resultado, o Colorado chegou aos 49 pontos, ultrapassou o Corinthians e terminou a rodada na sétima colocação, já que o Athletico-PR venceu o São Paulo, no Morumbi. Já o Tricolor carioca ficou com 34 pontos, mas fora da zona de rebaixamento.

O Inter volta aos gramados no dia 17 de novembro, contra o Corinthians, no Itaquerão. Já o clube carioca recebe o Atlético-MG, no sábado, às 19h, no Maracanã.

VEJA TAMBÉM

Correio do Povo