Esportes
Foto: Cristiane Mattos / Futura Press / AE / CP

Mais uma vez, o Grêmio se sentiu confortável jogando no Independência. Palco de outras vitórias importantes do Tricolor, inclusive a goleada sobre o Cruzeiro neste Brasileirão, a equipe voltou a triunfar, desta vez sobre o Atlético-MG, por 4 a 1, na noite deste domingo. Com o resultado, a equipe de Renato Portaluppi entrou no G6 do Brasileirão.

Os gols foram marcados por Galhardo, em grande falha do goleiro Wilson, por Maicon, de pênalti, Pepê e Alisson, já nos acréscimos. O gol solitário do Atlético-MG foi marcado também de pênalti, por Di Santo.

Após a vitória, o Grêmio ultrapassou o rival Inter e garantiu o ingresso no G6, subindo para a sexta colocação, com 41 pontos. O Tricolor volta a campo na quarta-feira, às 19h15min, contra o Bahia, na Arena.

Foto: Fabiano do Amaral

Na primeira partida após a demissão do técnico Odair Hellmann, o Inter não saiu do 0 a 0 contra o Santos, na tarde deste domingo, no Beira-Rio. As equipes até chegaram a marcar – o Colorado duas vezes e o Peixe, uma –, mas todos os gols foram anulados por impedimento. Em campo, os mandantes oscilaram fizeram duas metades de jogo distintas, sendo dominado na maior parte do primeiro tempo e controlando a etapa complementar.

O treinador interino Ricardo Cobalchini não promoveu muitas mudanças em relação à equipe que havia iniciado a última partida. A principal alteração foi a escalação de Zeca no lugar de Uendel, na lateral-esquerda, e o retorno de D’Alessandro aos 11 iniciais. Enquanto o primeiro teve atuação discreta, o capitão teve participação efetiva, comandando o meio campo e sendo o homem de referência na intermediária.

Com o resultado, o Colorado vai a 39 pontos. Além disso, perdeu o sexto lugar para o rival por conta da goleada do Grêmio fora de casa sobre o Atlético-MG por 4 a 1, se afastando ainda do G4 e da classificação direta para a Libertadores. O Santos, com 48, acaba a 25ª rodada em terceiro, ultrapassado pelo Palmeiras.

Correio do Povo