Geral
Foto: Ricardo Bolson/Rádio Progresso de Ijuí

Conforme o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Ijuí e Região, a mobilização iniciou por volta das 6h. No entanto, até o momento, poucos manifestantes estacionaram seus caminhões no pátio do Posto 44, no trevo de entroncamento da BR-285 com a ERS-342. Alguns agricultores decidiram apoiar o movimento, colocando máquinas agrícolas à beira da rodovia. Professores estaduais em greve também estão no local, segurando bandeiras do Cpers. Conforme a Rádio Progresso de Ijuí, os manifestantes vão realizar bloqueio da rodovia a cada 5 minutos de intervalo e a Polícia Rodoviária Federal monitora a situação.

O sindicato mobiliza os caminhoneiros para protestar contra a política de preços dos combustíveis da Petrobrás e o reajuste do piso do frete. No país, o movimento dos caminhoneiros, porém, está completamente dividido em relação a uma nova greve. O caminhoneiro Wallace Landim, o “Chorão”, que tem representado os pleitos dos caminhoneiros na interlocução com o governo, disse ao jornal O Estado de S. Paulo que a classe está sendo alvo de interesses políticos e que os principais pedidos dos trabalhadores já estão com data para que sejam atendidos.

Rádio Colonial