Polícia
Foto: Ilustração

Nessa terça-feira, 15, após um ano de investigação, a Polícia Civil colocou atrás das grades um homem de 47 anos pelo estupro de uma menina de 9 e outra de 6 anos em Esteio. Os abusos teriam durado três anos. Ele é tio-avô das vítimas.

No período dessas agressões, entre 2018 e 2021, a mãe e as crianças moravam no terreno do criminoso. Isso porque a mulher perdeu o emprego e não conseguiu lugar para ficar.

O crime só foi descoberto quando a mãe viu o investigado deitado em cima da menor, de 9 anos. Ao tomar conhecimento do fato, a mãe logo buscou uma outra casa para viver com as filhas e, então, procurou a Polícia Civil. A denúncia foi feita em dezembro de 2020.

Para ter provas dos abusos sexuais, a investigação submeteu as crianças a avaliação física e psíquica, e os laudos embasaram o pedido de prisão preventiva. A riqueza de detalhes com que as vítimas conversaram com a investigação chamou atenção até dos policiais mais experientes. De acordo com os relatos, o criminoso inclusive dava presentes para que as meninas ficassem quietas.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/LcUkJiPfFhlIDqww4qC7Wn

Agora no Vale