Polícia
Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental

O homem de 56 anos flagrado fazendo churrasco de cães em São Valentim do Sul foi indiciado pela Delegacia de Polícia de Guaporé por maus-tratos contra animais. O fato aconteceu em fevereiro deste ano, quando policiais militares do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Bento Gonçalves atenderam o caso. Um denunciante anônimo entregou diversas fotografias mostrando o homem abatendo um cão e utilizando a carne do animal para consumo humano.

De acordo com o delegado Thiago Lopes, o inquérito policial foi concluído e remetido ao Poder Judiciário. “Somente se obteve provas quanto a um cão, inclusive reconhecido pelo proprietário em fotos”, informou Lopes. Apesar disso, na época dos fatos moradores da região comentaram suspeitar que o homem, que responde em liberdade, tenha sido responsável pelo sumiço de outros animais em São Valentim do Sul.

Na época, durante abordagem pelo Batalhão Ambiental, o acusado admitiu a autoria do assassinato do cão que aparece nas fotos e ainda relatou que ele havia sido morto a golpes de madeira. Mesmo assim, o delegado de Guaporé determinou a soltura do homem, alegando que as medidas cabíveis seriam tomadas posteriormente.

Agora, cabe ao Judiciário julgar o caso. De acordo com o artigo 32, parágrafo 1°A e 2° da lei 9.605/98, pela qual o acusado foi enquadrado, a pena pode variar de dois a cinco anos de reclusão e multa.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/Fab5E1SQAqK0SxNiOmvzZU

Portal Serranossa