Polícia
Foto: Ilustração

Um crime brutal chocou funcionários de uma empresa de reflorestamento na localidade do Bentinho/Lomba, na manhã desta terça-feira (22), quando um homem foi morto por uma motosserra pelo próprio colega de trabalho, em São Joaquim – SC.

De acordo com as informações, era por volta das 8h quando dois homens da cidade de Lages, que trabalhavam em São Joaquim, começaram a discutir por causa de uma mulher.

Um deles perdeu a cabeça e passou a motosserra no pescoço do colega de trabalho, matando-o instantaneamente com requintes de crueldade retratados somente no cinema, como no filme O Massacre da Serra Elétrica.

Com a violência do golpe da motosserra, o homem quase foi decapitado, tendo a carne de seu pescoço totalmente envolvida na lâmina da serra.

Ele ainda tentou ocultar o corpo da vítima, o arrastando para o meio da floresta e o escondendo no meio de folhas e galhos, mas o rastro de sangue deixou visível a brutalidade do crime.

O assassino foi capturado pela polícia de São Joaquim e encaminhado para a Delegacia de Polícia. Já o corpo da vítima foi encaminhada para o IML em Lages. E posteriormente foi identificada pelo nome de Luís C. B. Machado, de 38 anos.

Relembre caso parecido em Três Passos

Vítima foi atacada em uma serraria em Três Passos. Foto: Arquivo/TP News

A vida real imitou a ficção, na manhã do dia 18 de outubro de 2012, em Três Passos. Um caso chocante, parecido com o filme americano O Massacre da Serra Elétrica, clássico do gênero terror produzido nos anos 70, foi presenciado em uma madeireira, no Distrito Industrial, em Padre Gonzales.

Um desentendimento, por volta das 7h30 da manhã, levou um funcionário a atacar o colega com uma motosserra, causando-lhe gravíssimos ferimentos. Segundo uma testemunha, a vítima só não foi morta porque os outros funcionários impediram o agressor com gritos.

O agressor fugiu do local enquanto a vítima era socorrida pelos colegas, sendo levada ao Hospital de Caridade, onde internou na UTI. Além de ferimentos nas costas e pernas, a vítima teria tido uma orelha cortada e um dos braços teria sido amputado.

A vítima sobreviveu e o agressor, dias depois, foi preso.

São Joaquim Online/Três Passos News