Polícia
Foto: Arquivo Pessoal

Uma carta de despedida foi deixada por Michael Ribeiro Lopes de Gois, de 32 anos, suspeito de matar a esposa Eliane Mayeski de Gois, de 28 anos, e a filha Elisa Mayeski, de apenas três, e depois cometer suicídio em um apartamento no município de Chapecó – SC.

A carta foi divulgada no final da tarde desta quarta pelo portal Chapeco.org, que informou ter obtido o documento com exclusividade.

Michael disse no texto que tomou decisões erradas e não conseguia mais oferecer felicidade para a esposa e a filha.

“Em 15 dias nossas vidas saíram do céu e chegou onde nunca imaginei. Meu amor foi sincero e nunca fui infiel, quando deixei de ser aconteceu o pior. Vamos continuar, em outra vida, vivendo e olhando por vocês”, escreveu no final da mensagem.

Peperi