Polícia
Foto: Divulgação

 Um crime brutal contra uma mulher resultou na prisão do criminoso, na noite sexta-feira, 11, em Canoas. O preso é acusado de sequestrar, espancar e estuprar a ex-mulher na última semana. Ele também colou os olhos da vítima, de 29 anos, com super bonder.

A prisão do homem aconteceu após monitoramento da sua rotina por agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Canoas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) colaborou com a investigação, os quais auxiliaram no monitoramento de eventuais veículos que o acusado pudesse utilizar para fugir.

Conforme a Polícia Civil, o crime iniciou na última segunda e só teve um desfecho na quarta, quando a mulher conseguiu fugir do cativeiro e pedir ajuda para vizinhos. Ela contou à polícia que o ex-marido, de 27 anos, invadiu a casa onde ela estava e, de imediato, atingiu seus olhos com a cola bonder.

A vítima afirma que chegou a desmaiar ao ser espancada pelo criminoso. Ao ser ouvida, a mulher narrou que o agressor a estuprou, e a todo momento lhe dava socos, chutes e tapas. Ele também a jogou no chão e tentou lhe estrangular pressionando o pé contra seu pescoço e puxando sua cabeça para cima pelos cabelos.

Depois de ser rendida na casa da amiga, a mulher foi colocada pelo criminoso dentro de um carro e foi levada até a casa dele, onde a sequência de violência continuou até quarta, quando conseguiu fugir, mesmo sem conseguir enxergar direito.

A família da vítima notou seu sumiço, tanto que na terça-feira registrou ocorrência do desaparecimento. Depois que ela conseguiu fugir, ela foi com um motorista de aplicativo até a casa do pai e este a levou até o hospital dos Olhos, em Porto Alegre, onde a vítima segue internada.

O Diário