Polícia
As vítimas foram Janaína, Cláudio, Rafael (fotos) e Arcelino. Foto: Divulgação

A Polícia Civil (PC-PR) continua investigando o tiroteio que deixou quatro pessoas mortas em Bom Jesus do Sul, no sudoeste do Paraná. O caso, registrado em vídeo de vários ângulos diferentes, aconteceu na última terça-feira (15). 

Segundo a investigação, o crime aconteceu depois de uma briga entre o comerciante Cláudio Silvestre e o agricultor Francisco Bini, que disputavam um terreno em processo de inventário.

Confira, abaixo, o que se sabe e o que ainda falta esclarecer sobre o crime:

Como começou o conflito?

As investigações apuraram que o agricultor Francisco Bini e o comerciante Cláudio Silvestre disputavam o terreno na justiça. Ambos tinham documento de posse do local.

A polícia disse que Silvestre ficou sabendo que Bini tinha plantado soja no terreno e foi até o local para tomar satisfação.

Em um dos vídeos, é possível ver o momento em que Silvestre chega de carro no local com a esposa e um amigo. A discussão começa logo em seguida.

Vídeos mostram discussão antes de tiroteio por disputa de terras que acabou com 4 mortos

Quem morreu?

Morreram no confronto o comerciante Cláudio Silvestre e a esposa, Janaína Silvestre, ambos com 40 anos.

Rafael Bini, de 36 anos, filho do agricultor Francisco Bini, estava no local no momento do tiroteio e também morreu.

Arcelino Soares de Souza, de 64 anos, amigo do agricultor, foi atingido, chegou a ser socorrido, mas morreu madrugada do dia 16 em um hospital de Francisco Beltrão.

Quantas pessoas estavam no tiroteio?

Vídeo mostra momento do confronto — Foto: Polícia Civil

Pelo menos seis pessoas estavam no local no momento do tiroteio.

Junto ao casal que morreu, estava um amigo de Cláudio Silvestre. Ele foi preso horas depois, armado, em um táxi. O nome do homem não foi revelado.

O agricultor Francisco Bini, e o genro dele, Paulo Faé,sobreviveram e são considerados foragidos.

Quantos tiros foram disparados?

Ao todo, a Polícia Civil contabilizou 32 disparos.

Quem começou o tiroteio?

A investigação aponta que Silvestre efetuou os primeiros disparos contra o agricultor Bini.

As imagens mostram que, na sequência, Faé, genro de Bini, reage e também faz disparos. A polícia não disse, até esta quinta (17), se mais pessoas estavam armadas e se deram tiros.

Em que fase está a investigação?

De acordo com o delegado Emerson Ferreira, a polícia ainda tenta entender como Janaína, Arcelino e Rafael foram atingidos, e de que arma veio os disparos que os mataram.

O delegado não informou uma previsão de data para o encerramento das investigações.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/D0RDjvChlCFGU5mWZ176cg

VEJA TAMBÉM

G1 PR