Polícia
Foto: Rádio Sepé

Durou cerca de 10 minutos o assalto à mão armada, ocorrido por volta das 17h de ontem (23) na Paróquia Anjo da Guarda da Catedral Angelopolitana, em Santo Ângelo.

Conforme o Padre Rosalvo Frey, que foi vítima da ação junto de uma secretária e de uma fiel que estava no local, a porta da Paróquia estava fechada e uma pessoa chamou no lado de fora. A secretária então abriu a porta ao homem, que disse precisar de informações sobre batismo. Logo na sequência, armado com faca e revólver, anunciou o assalto.

De imediato o criminoso ordenou que o cofre fosse aberto, de onde roubou determinada quantia em dinheiro. Após isso, as três vítimas foram obrigadas a deitar de bruços e tiveram seus braços amarrados com cadarço. O criminoso ainda retirou as máscaras que todos usavam e vedou a boca das vítimas com pedaços de uma cortina da Paróquia que foi cortada.

Quando todos perceberem que o homem havia fugido, a secretária conseguiu soltar as amarras e pedir socorro à doméstica do local. A Polícia Civil e a Brigada Militar efetuaram buscas, mas o indivíduo não foi localizado. Na Paróquia não há câmeras de vigilância. O valor roubado não foi revelado.

O Padre Rosalvo afirmou que o momento foi muito angustiante, mas que apesar de tudo perdoaria o criminoso. Porém, ele espera que a justiça seja feita.

Grupo Sepé