Economia
Mais de 400 funcionários contraíram a covid-19. Foto: Arquivo/TP News

A Seara/JBS cumpriu o primeiro dia de paralisação de suas atividades imposta pela Justiça do Trabalho nesta segunda-feira, 20, em Três Passos. A empresa tentará reverter a decisão judicial através de recurso.

Na semana passada, a Justiça do Trabalho determinou o afastamento de todos os funcionários por um período mínimo de 14 dias, após 408 testarem positivo para coronavírus.

Segundo Ministério Público do Trabalho, os 989 funcionários ficarão afastados por um período mínimo de 14 dias.  A decisão judicial ainda determinou apuração do crime de desobediência a decisões anteriores.

Conforme a decisão judicial, a empresa também terá que testar os trabalhadores a partir do décimo dia de afastamento. A determinação do Tribunal Federal do Trabalho da 4ª Região foi publicada na quinta-feira, 16.

Segundo o Ministério Público do Trabalho – MPT, autor do pedido, 408 pessoas testaram positivo para a doença, cerca de 41% dos funcionários. Um deles, de 48 anos, faleceu.