Segurança
Foto: Ilustração

Circulam nas redes sociais relatos e prints de pessoas que teriam sido vítimas de conversas ofensivas onde o autor supostamente seria um homem de Coronel Bicaco. Entre as vítimas, está uma jovem de Santo Augusto. Em seu perfil pessoal, ela narrou algumas situações e alertou para as atitudes importunadoras do indivíduo.

Em contato com o delegado William Garcez, responsável pela Delegacia de Polícia de Santo Augusto, fomos informados de que houve registro de uma ocorrência nesse sentido. O delegado informou que esse tipo de conduta configura crime grave quando praticado contra criança a baixo de 12 anos. Há relatos virtuais de que o mesmo indivíduo também estaria importunando crianças, porém, estes fatos não chegaram até a polícia, afirmou a autoridade policial.

Nesse sentido, Garcez orientou para que os pais monitorem as redes sociais dos seus filhos e constatando esse tipo de atitude que comuniquem o fato na Delegacia de Polícia.

Sobre a exposição dessas situações por parte das vítimas nas redes sociais, o delegado ressaltou que é preciso ter cuidado, pois há casos em que meliantes utilizam indevidamente fotos e até o nome de pessoas reais para criar perfis fakes, o que pode acarretar em processos futuros e até perseguições indevidas contra pessoas inocentes.

Rádio Querência