Internacional
Foto: O Soberbo do Dia

Nas redes sociais surgiu uma grande polêmica pelos vídeos veiculados por jovens de El Soberbio que participaram de uma grande e clandestina festa no Mirador de Colonia Alicia.

De acordo com o que aconteceu na madrugada de domingo, alguns vizinhos viram e ouviram a caravana de veículos com alto-falantes entrando na cidade.

Posteriormente, alguns vídeos puderam ser vistos nos status (de WhatsApp, Instagram e Facebook) de alguns participantes, que posteriormente, certamente avisados ​​por seus pais ou quando recuperaram a lucidez, foram deletados. Mas as fotos e vídeos, com a alegada embriaguez de muitos deles, foram eloqüentes. E então eles dirigiram quase 30 quilômetros no caminho.

Éramos todos jovens e íamos nos divertir nos fins de semana. Mas agora estamos passando por uma crise de saúde em que o mundo inteiro está em suspense com esta pandemia. Existem até milhares de casos positivos de coronavírus do outro lado do rio Uruguai. A maioria da população respeita o Distanciamento Social Preventivo e Obrigatório (DISPO), menos uma centena de jovens irresponsáveis, que têm um “caminho livre” dos pais sem perceber que colocam em risco a saúde dos próprios pais, seus tios ou avós. Enfim, toda a família.

“Se o prefeito não conseguir segurar as rédeas de seu filho que brinca e comete um ‘crime contra a saúde’, ele não poderá segurar as rédeas de um município”, disse um vizinho assim como outro morador da cidade, que disse que seu pai “ Faz meio ano que não consegue trabalhar, mas os filhos do poder e seus amigos podem organizar festas clandestinas ”.

A sinuosa e perigosa rota costeira era , nas primeiras horas da manhã / domingo de manhã, a sala dos fundos de outra festa sem máscaras, sem distanciamento social e sem consciência de qualquer espécie.

Alguns afirmam que a maioria dos jovens motoristas estava embriagada.

Outra questão: e as autoridades? Claro, como foram proibidos de fazer coletas no Chafariz e no Spa El Plata e como foram expostos demais aos “jodas” na Prainha brasileira, agora deixaram o município e foram para a jurisdição da Colonia Aurora, sem perceber que o perigo de contágio e o vírus pode estar em qualquer lugar.

Existe um juiz ou promotor que faz algo para parar esta situação incontrolável?

Porque o Comitê de Crise , que inicialmente se reunia todas as semanas e funcionava bem, hoje parece estar literalmente “pintado”. Por sua vez, o Conselho Deliberativo e o Poder Executivo municipal fecham os olhos. Já existem vários antecedentes do mesmo grupo de jovens que realizaram este tipo de eventos …

Até o filho do prefeito enviou , há algumas semanas, documentos de cartas a algumas pessoas que deram sua opinião no Facebook sobre sua suposta participação em uma megapartida na Prainha.

Agora, se dezenas de festas fossem realizadas ao ar livre , por que as boates não são mais habilitadas diretamente, já que, em um local fechado, pelo menos os meninos seriam mais cuidados, contidos e até vigiados pela Polícia.

VEJA TAMBÉM

O Soberbo do Dia