Justiça
Fatos teriam ocorridos na gestão de João Carlos Hickmann. Foto: Arquivo/TP News

Três servidores públicos concursados, dois deles ocupando cargos de confiança, foram afastados de suas funções nesta sexta-feira, 20, pela prefeitura municipal de Tiradentes do Sul.

O afastamento temporário ocorreu por determinação da Justiça de Três Passos onde, desde 2013, tramita um processo envolvendo denúncias de supostas irregularidades, para a garantia da instrução processual.

Conforme a medida cautelar, os três servidores permanecerão afastados e inelegíveis até o julgamento do caso. A decisão ainda vale para o ex-prefeito João Carlos Hickmann, também réu no processo.

Da decisão, cabe recurso.