Polícia
Foto: Reprodução

Luciane Garra Machado, 36, foi morta a tiros pelo marido no fim da tarde de quarta-feira (7) no Bairro Floresta, em Caçapava do Sul. O crime ocorreu dois dias depois da vítima sair de casa, após 19 anos de casamento. Adão Flávio Oliveira Marques cometeu suicídio na sequência. Seu corpo foi encontrado na localidade de Guarda Velha. O casal deixou uma filha, de 8 anos. Já Marques ainda era pai de dois filhos, de 22 anos e 31 anos, e uma filha, de 25 anos, de outros relacionamentos.

A arma usada no crime foi recolhida e foi enviada para análise da perícia. Os dois eram conhecidos na cidade. Marques e Luciane eram proprietários de uma empresa na área de alimentação e eventos.

A vítima estava na casa da mãe, juntamente com a irmã e com a filha, quando recebeu um telefonema de Marques. Em seguida, o marido chegou, estacionou o carro e foi até a porta de casa. Ao pedir para dar um beijo e um abraço na filha, os dois foram para o carro conversar. Foi quando começaram gritos de socorro e tiros.

A Polícia Civil, Brigada Militar e o Instituto Geral de Perícias foram acionados. O local onde Luciane morreu acabou isolado. Buscas começaram a ser realizadas até a localização do corpo de Marques, onde a área também foi isolada para perícia.

O Correio