Geral
Foto: Divulgação

Para quem não lembra, o menino Brayan Gabriel Kuviatosz, de 4 anos, sofreu um acidente no dia 19/10/2020, no qual afogou-se em um nível gravíssimo.

Ele teve uma parada cardiorrespiratória de 20 minutos, pois não foi possível reanimá-lo no local. Sua função cardíaca foi reestabelecida somente no pronto-socorro.

Por esse motivo a lesão cerebral foi extensa e o menino necessita de cuidados especiais 24horas por dia.

Dessa forma a mãe de Brayan estará se afastando das suas atividades profissionais para dedicar-se a ele. Além disso, também será necessário ter mais uma pessoa ajudar nessa missão, que será por tempo indeterminado.

Foto: Divulgação

Brayan passou 29 dias na CTI, fez procedimento de traqueostomia e gastrostomia, evoluiu bem na função respiratória e já respira ar ambiente.

Segundo postagem de Gene, mãe do menino foi dado início ao tratamento de oxigenoterapia hiperbarica do Brayan, graças à ajuda que receberam de muitas pessoas, segundo ela esse tratamento está sendo custeado somente com as doações de pessoas que se sensibilizaram com a causa.

Ainda segundo a mãe é um tratamento muito longo e de custo alto que está sendo realizado em Curitiba na clínica Brasil Sul.

Além do valor das sessões, eles precisam permanecer na cidade de Curitiba, tendo também as despesas de hospedagem e deslocamento até a clínica.

Rádio Seberi