Cidade
Foto: BM/Divulgação

A segunda-feira (02/03) iniciou com uma panfletagem com orientações no combate à violência doméstica na praça central.

Policiais femininas do 7° BPM orientaram mulheres sobre as formas de violência e como pedir ajuda. Cotidianamente ouve-se falar muito sobre violência física, mas o atendimento de ocorrências revela que a violência psicológica, moral, patrimonial e sexual inicia muito antes do cometimento das agressões.

Durante todo o mês de março serão realizadas palestras com mulheres da Região Celeiro na busca de orientá-las sobre todo o ciclo de garantias que a lei prevê evitando que crimes violentos ocorram.

O 7° BPM vem buscando implementar a Patrulha Maria da Penha que será composta por Policiais Militares que trabalharão de forma exclusiva no atendimento de vítimas de violência doméstica.

Brigada Militar – Fronteira Noroeste