Cidade
Anderson Back conseguiu doador de medula, mas não resistiu ao tratamento. Foto: Arquivo/Pessoal

O três-passense Anderson Back, de 30 anos, que lutava contra um tipo raro de câncer, entrou em óbito na madrugada desta quinta-feira, 8, em um hospital de Florianópolis – SC onde se encontrava internada há 40 dias.

Anderson realizava o tratamento de um linfoma hepato esplênico. Linfomas esplênicos primários são neoplasias malignas que ocorrem em menos de 1% dos pacientes com a doença. Segundo um familiar, o jovem havia conseguido dois doadores de medula, precisava antes realizar as quimioterapias, mas não resistiu ao tratamento.

Os pais de Anderson residem no bairro Pró-Morar, em Três Passos. O três-passense era casado e deixou a esposa e um casal de filhos, um menino de 4 anos e uma bebê de 4 meses. O corpo será transladado e velado a partir da meia noite na sala de velórios da Funerária Schneider. O sepultamento está marcado para a manhã de sexta-feira, 9, no cemitério de Padre Gonzales.

VEJA TAMBÉM