Mundo
Foto: Ilustração

Uma mulher de 46 anos passou por uma esquisita experiência macabra: Gladys Rodríguez de Duarte, de nacionalidade paraguaia, acordou dentro de bolsa mortuária em funerária após grave erro médico.

De acordo com informações do portal La Nación, a mulher estava em tratamento hospitalar e foi declarada como morta. Como parte do protocolo, foi conduzida a uma unidade funerária.

Durante o translado, os agentes funerários ainda teriam alertado a equipe de saúde que algo estranho estava acontecendo, pois ela ainda estava em ‘movimento’. No entanto, foi alegado que era “apenas oxigênio”.

De acordo com os dados fornecidos pela polícia, que produz um relatório para iniciar uma investigação, o corpo da mulher foi entregue dentro de uma bolsa mortuária.

Já no local, os profissionais finalmente perceberam que a mulher tinha sinais vitais ao prepará-la para o velório.

Como revelado pelo jornal, após o susto, a paciente foi transferida de volta ao hospital, onde foi estabilizada e continua sua batalha contra o câncer.

Metro Jornal