Comportamento
Foto: Reprodução

Áudios vazados mostram a mulher que foi flagrada pelo marido em uma relação sexual com um morador em situação de rua comentando sobre o que aconteceu antes do ato.

A mulher contou que foi abordada pelo morador de rua, que pedia dinheiro. O sem-teto pediu um abraço e os dois entraram no carro. Os dois também teriam marcado um encontro. No local combinado, eles entraram no veículo e tiveram relações sexuais.

O marido da mulher, um personal trainer de 31 anos, é investigado por espancar o morador de rua. A agressão aconteceu no último dia 9, após o homem flagrar a esposa e o outro homem.

Câmeras de monitoramento registraram as agressões. A mulher do personal e a sogra dele saíram de casa para ajudar o morador de rua. Depois, as duas teriam se separado.

Sem conseguir contato com a mulher via telefone, ele foi até um Centro de Ensino Fundamental Paroquial. Ao se aproximar, Eduardo viu o carro usado pela esposa dele. Foi então que o personal flagrou a companheira e o morador de rua tendo relações dentro do veículo.

O marido disse à Polícia Civil do DF (PCDF) que acreditou que se tratava de um estupro. Porém, a esposa dele disse aos agentes que as relações foram consentidas.

O morador de rua foi levado a um hospital. Ele estava com os dois olhos roxos, mas passa bem. Eduardo prestou depoimento e foi liberado, mas poderá responder por lesão corporal.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/LcUkJiPfFhlIDqww4qC7Wn

Visor de Notícias