Segurança
Foto: Ilustração

Uma mulher perdeu R$ 44 mil após cair no golpe de um falso militar americano. A vítima, de 46 anos, mora em Santa Rosa, no noroeste do Estado. Ela começou a conversar na internet com uma pessoa que se passava por um general dos Estados Unidos no Iraque.

De acordo com a polícia, o golpista se apresentava como James Cartwright, que, na vida real, é um general aposentado, acusado de vazamento de informações sigilosas do governo americano. Durante a conversa com a mulher, o falso general dizia que pretendia vir ao Brasil para se casar com ela e prometia presentes. Cobrou o pagamento de R$ 5 mil para o envio de um pacote.

Ao longo de seis meses de conversa, o golpista solicitou outros dois depósitos, um de R$ 18 mil e outro de R$ 21 mil. A vítima suspeitou que caiu num golpe e, na quinta-feira (16), procurou a delegacia de polícia de Santa Rosa para registrar ocorrência. O crime é investigado como estelionato.

Há algumas semanas, a Polícia Civil em Santa Rosa havia registrado tentativa de golpe semelhante, em que um golpista tentou enganar uma mulher se passando por capitão da Força Aérea Americana.

Em janeiro de 2019, GaúchaZH noticiou um caso parecido em Porto Alegre, quando uma mulher de 64 anos relatou ter sido enganada também por um suposto militar americano e chegou a perder R$ 35 mil. Na mesma época, uma moradora de Canoas de 58 anos não caiu no golpe, mas conversou com alguém que também se passava por militar dos Estados Unidos. Ele dizia que estava no Afeganistão, que havia encontrado uma fortuna, e que precisava de ajuda para tirar o dinheiro clandestinamente do Oriente Médio. Para enviar US$ 5 milhões numa caixa, a vítima precisaria pagar R$ 3 mil para ajudá-lo. Foi aí que ela percebeu e procurou a polícia.

Gaúcha ZH