Comportamento
Foto: Reprodução

Há quem pense que, por questões intrínsecas à natureza, homens tenham mais tendência a trair que mulheres. De fato, o sexo masculino tende a ser mais infiel, sobretudo após o sétimo ano de casamento. Mas uma pesquisa recente constatou que as mulheres são mais “rápidas no gatilho” quando decidem pular a cerca.

Segundo o site de relacionamentos Ashley Madison, 16% das mulheres começam um caso extraconjugal um mês após decidir pela traição, contra 11% dos homens que fazem o mesmo em igual período de tempo.

“Os homens decidem rapidamente se querem ou não trair, mas leva mais tempo para agirem. Para as mulheres, depois que a fase de consideração mais longa termina, a busca pelo caso é rápida”, contou, em nota à imprensa, a diretora de comunicação do site, Isabella Mise.

Em ambos as situações, os casos fora de uma relação oficial acontecem não apenas por desejo carnal, mas porque há sentimento envolvido. Cerca de 26% dos entrevistados garantiram que só traíram porque havia um elo afetivo.

Metropoles