Mundo
Foto: Reprodução

Um mistério de décadas foi resolvido através de uma marca de nascença. Uma noiva descobriu que sua sogra era, na verdade, sua mãe biológica e o noivo, seu irmão. A descoberta ocorreu no momento da cerimônia de casamento, em Suzhou, província de Jiangsu, na China.

A sogra identificou que a noiva, que iria se casar com seu filho, tinha uma semelhança de nascença de uma filha que ela havia perdido. Imediatamente ela abordou os pais da noiva, que confirmaram tê-la adotado quando menina. Ela foi encontrada à beira de uma estrada e adotada. Por outro lado, a mãe biológica passou anos e anos em busca da filha desaparecida. Já sem esperança, ela adotou um menino, ou seja, justamente ele seria o noivo. Assim, como não eram irmãos de sangue, não houve nada que impedisse o casamento. A história real, mas com cara de novela mexicana, ocorreu na China, e foi publicada pelo “Orienta Daily”.

Assim que soube, a noiva caiu em prantos e identificou o momento como o mais feliz de sua vida, “até mais que o casamento.

Visor Notícias