Geral
Foto: Divulgação

A Gestão Compartilhada do Turismo no Parque Estadual do Turvo divulgou nas redes sociais, na terça-feira, 7, uma nota de esclarecimento sobre o movimento de turistas e as filas que se formaram, no último fim de semana, para visitar a unidade de conservação. Confira a baixo:

Querido Visitante

Tendo em vista o movimento no Parque Estadual do Turvo neste último final de semana, gostaríamos de nos pronunciar:

Informamos que ainda é recente a Gestão Compartilhada do turismo no Parque Estadual do Turvo, ou seja, faz apenas um ano que o Município de Derrubadas está atuando junto com a Gestão Estadual do Parque (SEMA-RS), período este de experiências e adaptações.

Lembramos que o Parque Estadual do Turvo é uma UNIDADE DE CONSERVAÇÃO, a maior e uma das mais importantes do Rio Grande do Sul. Desta forma, espera-se que aqueles que buscam conhecer o Parque tenham conhecimento e RESPEITO pela biodiversidade que aqui existe.

É de conhecimento de todos a infraestrutura existente, ou aqueles que não conhecem, tem total liberdade de solicitar informações através da nossa página do Facebook ou do WhattsApp, pois todos os questionamentos são respondidos.

Por se tratar de uma UNIDADE DE CONSERVAÇÃO, até o momento, não se tem permissão de ampliar os locais disponíveis para a visitação – área de uso público delimitada através do Plano de Manejo do Parque Estadual do Turvo. Ou seja, o número de visitantes que o Parque comporta ao mesmo tempo é LIMITADO!

Temos conhecimento que a espera em longas filas é algo extremamente desconfortável e desgastante, mas precisamos considerar o ESPAÇO DISPONÍVEL que o Parque dispõe – de modo especial, o espaço para estacionamento. Além disso, temos a consciência que em qualquer lugar onde o número de visitantes supere o habitual, a fila é algo quase que impossível de evitar.

Estamos extremamente lisonjeados que cada vez mais, mais pessoas queiram conhecer toda beleza que existe aqui. E esperamos que todos que venham nos visitar tenham uma experiência maravilhosa! Para que isso aconteça, não podemos permitir que todos os carros desçam até a área de lazer ao mesmo tempo (aos que reclamam da demora no preenchimento do Termo de Responsabilidade na venda do ingresso ou do tamanho da fila para entrada).

De forma bem resumida: não adianta agilizar a entrada se não há espaço para todos os carros!

O período de seca no Rio Uruguai tem permitido uma visibilidade ESPETACULAR do Salto do Yucumã. Sendo assim, para os visitantes que não querem enfrentar filas demoradas, sugerimos a visitação nos dias de SEGUNDA, QUINTA e SEXTA-FEIRA (quando o fluxo de visitação costuma ser menor). Aos visitantes que pretendem vir nos FINAIS DE SEMANA, pedimos COMPREENSÃO e RESPEITO! O Parque está aberto a partir das 8 horas.

Qualquer sugestão de melhoria será sempre MUITO BEM-VINDA! Desde que sua aplicabilidade seja condizente com o funcionamento de uma Unidade de Conservação.