Trânsito
Foto: Divulgação

O homem de 23 anos que foi atropelado minutos após o nascimento do filho, em Curitibanos, no Meio-Oeste de Santa Catarina, teve a morte cerebral confirmada neste sábado (26), após exames médicos.

Identificado como Jean Carlos Ribeiro da Rosa, a vítima assistiu ao parto da esposa, Jhenifer Oliveira, no dia 5 de março e, na sequência, foi à lanchonete próxima ao hospital. Na volta, foi atingido na rodovia SC-451.

Agora, a família planeja realizar a doação de órgãos de Jean, mas só confirmará quantos e quais serão doados neste domingo (27). Casado há seis anos, o jovem deixa a esposa, de 18 anos, e dois filhos, um recém nascido e outro de três anos.

A irmã do jovem, Dara Ribeiro, de 25 anos, detalhou como é o local do acidente. “Não tem lombada ou faixa de pedestres. A via é de trânsito rápido e perigoso. Quando ele estava quase chegando na calçada, foi onde o carro pegou ele”, conta.

Relembre o caso

No fim de tarde do dia 5 de março, após o nascimento do segundo filho no Hospital Hélio Anjos Ortiz, Jean Carlos seguiu rumo à lanchonete que fica do outro lado da rua do centro médico, enquanto aguardava a saída da esposa do centro cirúrgico para o quarto.

Ao deixar o estabelecimento, a vítima foi atropelada por um carro VW Gol, que era conduzido por um idoso de 72, acompanhado pela esposa, de 69 anos. De acordo com o Boletim de Ocorrência da PM (Polícia Militar), o jovem foi atravessar a rua, mas não conseguiu chegar ao outro lado.

Após o impacto, ele teve traumatismo craniano, lesão na coluna, fratura na costela e perda de um pulmão, além de várias lesões no corpo. Jean foi levado ao Hospital Maicé, em Caçador, e foi alocado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não resistiu aos ferimentos.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/CsFqn96YwnX36UVSJgIDeK

ND Mais