Inusitado
Foto: Divulgação

Você acredita em assombração? Alguns moradores de Piratuba, no Oeste de Santa Catarina, não apenas acreditam, mas também presenciaram momentos paranormais em uma casa abandonada localizada no distrito de Uruguai, na linha Volta Grande, no interior do município.

O empresário Oldemar Baldir Land, de 54 anos, mora em Piratuba há 15 anos. Ele contou que já ouve histórias sobre a casa mal-assombrada há mais de 20 anos. A primeira vez que Oldemar esteve na casa foi há cinco anos, quando foi ao local para testar um equipamento.

“Era de tarde. Estava eu, minha esposa e meu filho pequeno. Fomos lá a trabalho e também porque eu sou uma pessoa muito curiosa e queria saber o que tinha na casa. Uma hora comecei a ouvir um choro de criança muito alto, foi perturbador. Ficamos com muito medo”, contou.

A casa mais próxima do local fica a cerca de dois quilômetros, o que indica que não haveria a possibilidade de uma criança, de fato, estar lá. “Se me pedissem para ir lá de noite, eu não iria nem por decreto. Não teria coragem e até desafiaria alguém a ir lá”, disse.cAlguns moradores da região contam que a casa abandonada pertenceu a um homem que trabalhava com engenho de cachaça. Há muitos anos, ele teria morrido afogado. A lenda diz que o homem sempre aparece para oferecer cachaça aos visitantes da casa.

A parapsicologia explica

Recentemente, o parapsicólogo clínico Alison Silva esteve no local para desvendar os mistérios da casa abandonada. Segundo Alison, que estuda fenômenos paranormais desde 2011, eventos desta natureza são desencadeados pela mente humana. “É um processo desencadeado pela mente humana, não pelo local. O meu trabalho é ajudar pessoas que presenciam estes fenômenos. Nesse processo a gente usa a hipnose para resolver traumas e situações mal resolvidas do passado”, afirmou.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/D4BIJEmkBRXIgFPzTVyxjg

ND Mais