Polícia
Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (22/4) a Operação Boi Verde, para desarticular associação criminosa especializada na operação ilegal de instituição financeira de câmbio, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, no Rio Grande do Sul. Policiais federais executaram três mandados de busca e apreensão, nas cidades de Santa Rosa e Campo Novo, duas ordens de prisão temporária e o bloqueio judicial de bens.

A investigação teve início em junho de 2020, com a apreensão de 123 mil dólares, em São Borja, e identificou que o grupo criminoso atua na região noroeste do estado.  A sistemática criminosa ocorria com o transporte de reais em espécie para o Uruguai, através de Santana do Livramento, e o retorno ao Brasil com dólares, de maneira clandestina.

O lucro ilícito era obtido pela diferença de valores do câmbio (spread). O grupo investigado realizou, num curto período de dois meses, movimentações financeiras de mais de dois milhões de dólares americanos, com a respectiva evasão de divisas para o Uruguai.

Rádio Querência