Polícia
Foto: PC/Divulgação

Uma ação da Polícia Civil resultou na apreensão de uma tonelada de maconha em um sítio no município de Taquara, no Vale do Paranhana, na madrugada desta quarta-feira (12).  Essa é a maior apreensão desse tipo de droga em 2021 pelo Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc). 

A carga, avaliada em R$ 3 milhões, estava escondida em uma residência no local. Três pessoas foram presas — duas mulheres, de 29 e 40 anos, e um paraguaio, de 24 anos. Uma das mulheres tentou fugir quando percebeu a presença dos agentes, mas acabou detida.

Em entrevista ao programa Madrugada Gaúcha, o diretor da Divisão de Investigações do Denarc, delegado Carlos Wendt, explicou que a investigação vinha monitorando ação de integrantes de uma facção criminosa que atua no Rio Grande do Sul e em outros Estados. A suspeita é de que a droga tenha vindo do Paraguai e teria como destino os municípios da Região Metropolitana.

Sem fornecer os próximos passos da investigação, o delegado explica que o foco é alcançar as lideranças da facção:

— As investigações agora prosseguem. Geralmente o líder dessas facções coloca a mão na droga por crime de lavagem, aí que conseguimos responsabilizar essas lideranças. É um prejuízo considerável e por isso estamos focando cada vez mais nestas grandes organizações — avaliou Wendt.

Ao todo, 14 policiais participaram da ação nesta madrugada. A Polícia Civil pede para que as pessoas denunciem casos semelhantes pelo número 08000 518 518.

GZH