Economia
Foto: Geraldo Bubniak

O trabalhador que está vinculado ao Regime CLT tem direitos garantidos quando é demitido sem justa causa. Um deles é o seguro-desemprego que vai garantir o sustento do segurado por um período enquanto ele não se recoloca no mercado de trabalho. 

Quem está dentro das regras do regime de CLT ainda conta com vantagens como a possibilidade de ter acesso à multa de 40% do FGTS em caso de demissão ao mesmo tempo em que a empresa deve contornar ao menos com 8% do salário do indivíduo como Fundo em caso de demissão.

Existem algumas regras que permitem que o cidadão tenha ou não direito ao seguro-desemprego. Neste caso, o tempo que esteve atuando pode contar muito sobre a quantidade de meses que serão recebidos. 

E, para fazer o cálculo  de quanto tem direito para ganhar, basta levar em conta o salário dos últimos três meses – as férias e 13° também podem ser contabilizados, por isso, muitas empresas evitam dar a conta para o funcionário no final do ano (apesar de não ser uma regra). 

A solicitação deve acontecer somente depois do sétimo dia que houve a demissão.

Quanto tempo preciso trabalhar?

Vamos responder agora essa dúvida que é frequente para muitos cidadãos. Vai depender do tempo trabalhado. Veja:

  • Para fazer a primeira solicitação, é necessário que o cidadão tenha trabalhado ao menos 12 meses dos últimos 18. 
  • Na segunda solicitação, deve-se ter trabalhado ao menos 9 meses durante os últimos 12 meses. 
  • Por fim, na terceira solicitação ou em mais uma delas, deve-se  ter trabalhado ao menos 6 meses antes que houvesse a dispensa do colaborador. 

Dica Extra: Você conhece os seus direitos trabalhistas?

Já sentiu em algum momento que você pode estar sendo passado pra trás pelo seu chefe ou pela empresa que te induz a aceitar situações irregulares no trabalho?

Sua dúvida é a mesma de milhares de pessoas. Mas saiba que a partir de agora você terá resposta para todas as suas dúvidas trabalhistas e saberá absolutamente tudo o que acontece antes, durante e depois de uma relação trabalhista.

Se você quer garantir todos os seus direitos trabalhistas como FGTS, adicionais, horas extras, descontos e saber como se posicionar no seu emprego sem ser mais obrigado a passar por abusos e ainda entendendo tudo que pode e que não pode na sua jornada de trabalho, clique aqui e saiba como!

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/Fab5E1SQAqK0SxNiOmvzZU

Jornal Contábil