Sexo
Foto: Reprodução

Meu filho é adolescente. Conversando com outras mães, elas me disseram que os jovens não estão usando camisinha durante a primeira transa. Me apavorei! Estou quase surtando, sem saber o que fazer com essa informação assustadora. É verdade isso? Como eu devo agir?

Amiga, apesar das diversas campanhas para promover o sexo seguro, aproximadamente três quartos das pessoas sexualmente ativas em todo o mundo não usam contraceptivos.

Uma pesquisa específica sobre o comportamento sexual das meninas aponta que quase 40% delas não usam preservativos ou anticoncepcionais com um novo parceiro. Isso retrata que muitas jovens não têm informação sobre os riscos que correm. Além disso, se sentem constrangidas ao pedirem explicações sobre anticoncepção ou ao exigirem o uso do preservativo antes de iniciar sua vida sexual.

Falta de informação

Elas não aprenderam a negociar o uso de camisinha. Com isso, ficam desprotegidas contra uma gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

A maior justificativa das adolescentes é que sentem vergonha de pedir o uso da proteção. A falta de informação sobre a contracepção, que leva à utilização errada ou ao não uso de anticoncepcionais, é um enorme problema. Geralmente, os jovens buscam conselhos inadequados com seus amigos.

No mundo todo, cerca de 41% das 208 milhões de gestações, a cada ano, não são intencionais. Será que vale a pena correr este risco? A dica é intensificar o diálogo franco em casa, sem medo ou constrangimento.

Falando de Sexo/Diário Gaúcho